A CEMIG anuncia o lançamento do Desafio de PDI 2.0, destinado a receber propostas de projetos de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação. Convidamos os interessados a apresentarem propostas de projetos para o desenvolvimento ou aperfeiçoamento de soluções para os desafios da CEMIG e das empresas do setor elétrico, consumidores ou usuários dos serviços de Geração, Transmissão, Distribuição e Comercialização de Energia Elétrica.

As propostas de projetos devem priorizar a pesquisa e o desenvolvimento de produtos, serviços, tecnologias, propriedades intelectuais, metodologias ou técnicas com objetivo final de aplicação na solução de problemas e inserção no mercado (associada à exploração comercial e industrial).

Podem participar como proponentes desta Chamada Pública as pessoas jurídicas de direito privado constituídas e/ou instaladas no Brasil e as pessoas jurídicas de direito privado constituídas e instaladas em outro país, desde que possuam representante legal no Brasil, como universidades, institutos de ciência e tecnologia, startups e outras empresas. O proponente deverá demonstrar experiência, conhecimento, tecnologia, recursos e equipe técnica adequada ao tema e à complexidade da pesquisa.

Todas as regras para participação e submissão de propostas estão descritas no Edital.

CLIQUE AQUI E BAIXE O EDITAL
  • Encantar o Cliente: transformar a experiência do cliente para ser a melhor empresa em satisfação do cliente.
  • 100% Digital: digitalizar e transformar os processos e as interações com os clientes.
  • Máxima Eficiência: aumentar o resultado dos negócios atuais, com crescimento e redução de riscos.
  • Criação de Valor: investir para modernizar os negócios, expandir atuação e desenvolver negócios para o futuro criando valor superior.
  • Gestão Ágil com Segurança: implementar gestão com lógica privada, moderna, sustentável e cultura de resultados.
  1.  Excelência na Experiência do Cliente em mercados B2B e B2C (distribuição, comercialização, gás, geração distribuída):
    • Plataformas digitais (Ex.: comunicação, relacionamento e gestão de dados).
    • Soluções para atendimento e satisfação das necessidades.
    • Gestão e resolução de conflitos.
    • Soluções de pagamento.
    • Produtos e serviços que permitam diferenciação competitiva e agregação de valor
  2. Comercialização de energia (ACR, ACL, mercado varejista e GD) e gás:
    • Desenvolvimento de novos modelos de negócios e produtos.
    • Ferramentas para comercialização no mercado livre, mercado varejista e mercado de geração distribuída.
    • Soluções para projeção de preços.
    • Soluções para gestão de riscos e de balanço energético.
    • Instrumentos Derivativos e Opções para o mercado de energia.
    • Desenvolvimento de novos mercados, como Hidrogênio e Combustíveis Sintéticos.
  3. Sistemas Elétricos do Futuro: construção, operação e manutenção de redes de distribuição e transmissão e ativos do sistema elétrico.
    • Otimização planejamento da expansão do SEP.
    • Soluções para instalação e gestão de recursos distribuídos.
    • Automação e análise de conexões.
    • Sensoriamento, monitoramento e supervisão.
    • Gestão de projetos.
    • Copilotos para suportar tomada de decisão em atividades de planejamento, operação e manutenção.
    • Otimização da manutenção e vida útil dos ativos.
    • Soluções para escalar utilização de sistemas de medição inteligente.
    • Soluções para medição, gestão e redução de perdas técnicas e comerciais.
    • Soluções de telecomunicação.
    • Compartilhamento inteligente de informações para prestação de serviço público.
  4. Geração renovável centralizada e distribuída.
    • Novas tecnologias de geração renovável.
    • Aperfeiçoamento de tecnologias de geração renovável.
    • Soluções em geração fotovoltaica (tradicional e flutuante).
    • Soluções em geração eólica onshore e offshore.
    • Agrovoltaico.
    • Novos materiais.
    • Tecnologias para geração hídrica.
    • Desenvolvimento de usinas reversíveis.
    • Tecnologias para usinas combinadas.
    • Soluções para Armazenamento de energia.
    • Soluções para Gestão e monitoramento de barragens.
  5. Segurança
    • Segurança cibernética.
    • Segurança na operação e manutenção.
    • Saúde e Segurança da Força de Trabalho.
    • Segurança das comunidades no entorno e da população.
    • Promoção do uso seguro e sustentável de faixas de servidão e áreas contíguas às instalações do setor elétrico.
  6. Automação e eficiência de processos administrativos e de suporte:
    • Otimização de processos e procedimentos.
    • Monitoramento de performance.
    • Organização de bases de dados, captura e tratamento de informações.
    • análise de dados e tomada de decisão.
    • Telecomunicação, transmissão de dados.
    • Sensoriamento e monitoramento (meio ambiente e ativos).
    • Medição e redução de perdas técnicas e comerciais.
    • Soluções para gestão da força de trabalho.
    • Gestão de riscos: identificação, mensuração, mitigação e acompanhamento de riscos.
  7. Sustentabilidade, preservação do meio ambiente e combate às mudanças climáticas:
    • Promoção da consciência e eficiência energética.
    • Reciclagem e reaproveitamento de materiais e equipamentos.
    • Desenvolvimento de novos materiais.
    • Monitoramento social e ambiental.
    • Alternativas sustentáveis para gestão das faixas de servidão.
    • Gestão de licenças, obrigações e condicionantes.
    • Captura de CO2 e reaproveitamento econômico.
    • Descarbonização.
  8. Eletrificação da economia, eletromobilidade e cadeia de valor do hidrogênio verde:
    • Soluções para alavancar a produção e o uso de hidrogênio verde.
    • Captura de CO2 e reaproveitamento econômico.
    • Créditos de carbono.
    • Desenvolvimento e inserção de combustíveis sintéticos.
    • Eletromobilidade e eletrificação dos transportes.
    • Descarbonização de processos produtivos.
  9. Novos negócios, produtos e serviços:
    • Produtos e serviços oferecidos em conjunto com energia elétrica e gás.
    • Novos negócios em áreas adjacentes ao setor elétrico.
  • Inteligência Artificial e Aprendizado de Máquina.
  • Copiloto para apoio na execução de atividades.
  • Realidade Virtual e Realidade Aumentada.
  • Digitalização.
  • Robotização.
  • Smart Grids e Smart Cities.
  • Recursos distribuídos.
  • Internet of Things.
  • Medidores inteligentes.
  • Redes de comunicação e transmissão de dados (5G, satélites de baixa órbita, etc.).
  • Democratização de dados e “open energy”.
  • Descarbonização.
  • Hidrogênio.
  • Eletrificação da economia.

Os principais indicadores chave estarão descritos no PEQuI 2023-2028 que será publicado pela ANEEL.

Comunicados:

Foi realizada a alteração dos seguintes documentos no dia 20/09/23:

ANEXO V - substituído por motivo de ajustes e formatação na planilha excel;
ANEXO VII – substituído porque houve atualização no instrumento da minuta do convênio.

12/12/2023

Tornamos publico Briefing referente à demanda para automação da engenharia para conhecimento e apresentação de propostas no âmbito deste Desafio Inovação Cemig 2.0.

Quer Inscrever sua Proposta?

Acesse o formulário

Inscreva-se

Precisa solicitar recurso?

Acesse o formulário de recursos

DÚVIDAS?

Envie a sua mensagem para

desafiocemiginovacao@cemig.com.br